Novedades Fundación TOVPIL

Maria nos dias de gestação


Para saber como eram os sentimentos de Maria nos dias de gestação, vamos colocar-nos em situações análogas.


Se, hoje em dia, perguntarmos a uma mulher grávida, e ao mesmo tempo de muita fé e interioridade, quais são os sentimentos que ela tem nesse estado de gravidez, ela não saberá o que responder.... Não é estranho, é tão insondável o que vive! Acabará falando com dificuldade. Mas, mesmo com palavras vacilantes, conseguirá, não digo expressar, mais evocar um mundo inefável, um mundo que nasce e morre com sua própria maternidade.


Qual era a estatura espiritual de Maria nos dias de gestação? Nas cenas da anunciação, Maria aparece dona de uma maturidade excepcional, com capacidade de reflexão e, principalmente, muito interiorizada. E tudo isso em proporções que não correspondem à sua idade.

Se medirmos sua estatura espiritual pelo conteúdo do Magnificat, comprovaremos que, quando se evoca o mistério pessoal do Senhor Deus, Maria é uma jovem vibrante e até exaltada, apesar de se mostrar em geral reservada e silenciosa. Ela conhece a história de Israel e está plenamente consciente do significado da Encarnação. Além disso, é Imaculada, cheia de graça, habitada pela presença substancial do Verbo e atingida pela ação direta do Espírito Santo.


Maria vive abismada em um universo sem fundo e sem limites, olhando sempre contemplativamente para o centro de seu ser, onde se realiza o mistério infinito da Encarnação. Todo o corpo e toda a alma de Maria estão concentrados no seu magnífico Senhor que tinha ocupado o território de sua pessoa.



Extraído do livro El silencio de María, do Frei Inácio Larrañaga