Novedades Fundación TOVPIL

Se Jesus estivesse em meu lugar


Se estivesse em meu lugar aquele Jesus que veio curar os feridos de coração, para anunciar a liberdade aos escravos, para dar aos cegos a vista e aos oprimidos a libertação... aquele Jesus que que se compadeceu do leproso, dos doentes e dos famintos, e que se dedicou aos últimos e abandonados com sua oração, seus milagres, sua palavra, a sua mão, a franja do sua veste... se Ele estivesse em meu lugar, como se dedicaria a deixar em cada porta um vaso de alegria! Como tomaria o telefone para dar uma palavra de alento ao desconsolado, um estímulo ao fracassado, uma palavra de ânimo ao deprimido...!

Se estivesse em meu lugar aquele Jesus que, diante dos acusadores e juízes, procedeu em todo momento com humildade, silêncio, paciência e dignidade, sem justificar-se nem defender-se... se Ele estivesse em meu lugar diante das atitudes irritantes daquele familiar, daquele companheiro de trabalho, ou do irmão da comunidade...


Não temos diante dos olhos outro caminho nem melhor modelo que Cristo Jesus, aquele Jesus cujos únicos prediletos foram os pobres, que foi amigo de publicanos e pecadores, que foi delicado e atencioso com os amigos e as mulheres, que foi sincero e veraz com amigos e inimigos, que teve, sim, preferências, mas não exclusividades, e que, acima de tudo, só fez uma coisa em sua fugaz e vertiginosa carreira: AMAR.



Extraído do livro Itinerário Rumo a Deus, do Frei Inácio Larrañaga